Das delicadezas do amor

Um acúmulo bonito de coisas que não consigo nem mostrar.

23 de maio de 2012

Uma pressa, uma urgência. E uma compulsão horrível de quebrar imediatamente qualquer relação bonita que mal comece a acontecer. Destruir antes que cresça.
.
c.

Nenhum comentário:

Postar um comentário