Das delicadezas do amor

Um acúmulo bonito de coisas que não consigo nem mostrar.

27 de junho de 2013

Você me desculpe esse silêncio tão longo, mas a convivência é feita também de silêncio, e distância.

(Carta de Fernando Sabino. Fernando Sabino e Clarice Lispector in: Cartas perto do coração. Ed. Record, p. 124)

Nenhum comentário:

Postar um comentário